Cabeçalho da página

ARQUEOLOGIA COMUNITÁRIA NA RESERVA AMANÃ: HISTÓRIA, ALTERIDADE E PATRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO

Jaqueline Gomes, Rafael Barbi Costa e Santos, Bernardo Locale Silva Da Costa

Resumo

O presente artigo apresenta um panorama das ocupações da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, colocando em perspectiva as relações que a população mantém com o patrimônio arqueológico existente na área. As pesquisas são desenvolvidas com a participação comunitária e, a partir de trajetórias históricas particulares das comunidades, identificamos duas formas distintas de apropriação e significação do patrimônio arqueológico. Nesta reflexão, sugerimos que as ocupações em Amanã remetem a processos de continuidade marcados nas paisagens. Além disso, exploramos os significados e as relações que os moradores estabelecem com os vestígios arqueológicos, relações estas que envolvem processos de autodefinições e noções de alteridade que influenciam diretamente as estratégias de gestão. Palavras-chave: Arqueologia comunitária, RDS Amanã, gestão do patrimônio


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v6i2.1874



 © As/os autoras/es que publicam na Amazônica Revista de Antropologia (ARA) retêm os direitos autorais e morais de seu trabalho, licenciando-o sob a Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivação Works 3.0 Brasil que permite que os artigos sejam reutilizados e redistribuídos sem restrições, desde que o trabalho original seja citado corretamente.

Gerencia do Portal:

Luciléia Silva

Email: lucileia@ufpa.br

 

Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivação Works 3.0 Brasil.

This is an open-access website under the terms of the Creative Commons Attribution-NoDerivatives License.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.