Logo do cabeçalho da página Novos Cadernos NAEA

As lanchas “ajato” no Solimões: modernização pretérita e integração territorial

Kristian Oliveira de Queiroz

Resumo

Este artigo visa analisar o papel das lanchas “ajato” para a modernização do transporte fluvial no Solimões e para a integração territorial deste subespaço a partir de uma proposta de classificação baseada na origem dos fluxos destes barcos rápidos. Evidencia-se que as lanchas “ajato” são objetos submetidos a um processo de “modernização pretérita” em que o uso de técnicas e equipamentos antigos provenientes de divisões territoriais do trabalho pretéritas ainda é útil para a circulação fluvial na região. Mediante o levantamento bibliográfico e documental e o trabalho de campo, verificou-se que estas embarcações contribuíram para a modernização dos fixos especializados na navegação via a inserção de infraestruturas diferenciadas como o Terminal do “Ajato” de Tefé; bem como viabilizaram a modernização dos fluxos com o uso da rapidez e da organização dos serviços, promovendo integração e fluidez territorial significativas neste subespaço amazônida.


Palavras-chave

Modernização pretérita. Integração territorial. Transporte fluvial. Rio Solimões. Amazonas.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v22i1.4900

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536