Logo do cabeçalho da página Novos Cadernos NAEA

Interfaces dos saberes ambientais: complexidade e educação política difusa

Antonio Teixeira de Barros

Resumo

Analisa as interfaces dos saberes ecológicos com a educação ambiental e política, ambas entendidas como educação difusa, que se realiza no âmbito das relações sociais e educativas do cotidiano, relevantes do ponto de vista da conversação civil e da cidadania. Ressalta a visão de interdisciplina e complexidade do ambientalismo e sua dimensão educativa e política. Tanto a educação como o ambientalismo constituem campos convergentes na dimensão de (re)construção e (re)produção simbólica da realidade e de suas estruturas políticas. Além disso, a educação ambiental é entendida como instrumento para formar cidadãos para atuarem na sociedade, assumindo a responsabilidade pelo ambiente natural, a cultura local e o meio social.


Palavras-chave

Educação, sociedade e cultura. Educação ambiental difusa. Complexidade sociocultural e educativa. Educação ambiental e educação política.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v20i3.2512

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536