Cabeçalho da página

DILEMAS DA INTERCULTURALIDADE E DA BIODEMOCRACIA: O MASSACRE EM BAGUA, AMAZÔNIA PERUANA

Adriana Paola Paredes Peñafiel, Guilherme Francisco Waterloo Radomsky

Resumo

Neste trabalho, analisamos o massacre ocorrido em junho de 2009 em Bagua, na Amazônia peruana, à luz dos conceitos de interculturalidade e biodemocracia. Os conflitos examinados no incidente aparentemente fazem referência unicamente ao problema da disputa e do controle de recursos e territórios. No entanto, a finalidade deste texto é mostrar que a exploração da natureza é compreendida pelas comunidades indígenas como usurpação dos espaços de vida e desvirtuamento do seu modo de interpretar o mundo. Interculturalidade e biodemocracia, articulados a conceitos como rede, relacionalidade e perspectiva, permitem entendimentos ampliados sobre o conflito, suas conexões e as (difíceis) resoluções. Palavras-chave: biodemocracia; interculturalidade; Amazônia peruana.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v3i1.631



 © As/os autoras/es que publicam na Amazônica Revista de Antropologia (ARA) retêm os direitos autorais e morais de seu trabalho, licenciando-o sob a Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil que permite que os artigos sejam reutilizados e redistribuídos sem restrições, desde que o trabalho original seja citado corretamente.

Gerencia do Portal:

Luciléia Silva

Email: lucileia@ufpa.br

 

Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil.

This is an open-access website under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Comercial License.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.