Cabeçalho da página

XAMANISMO SURUWAHA E TRANSFORMAÇÕES

MIguel Aparicio

Resumo

Na cosmologia Suruwaha, prevalece um quadro de sociabilidade em constante transformação, em que mais do que diferenças de humanidade, identidades ou substâncias, há alterações fundadas na variação das posições cósmicas dos sujeitos que interagem. A ";visão"; dos xamãs transforma um mundo que está em desequilíbrio permanente. O movimento entre posições cósmicas incompatíveis é possível para os xamãs, que circulam entre as mesmas em virtude da sua capacidade metamórfica. Iniwa, a expressão Suruwaha para aquilo que de forma ampla chamamos xamanismo, emerge como capacidade relacional de conexão com outros sujeitos do universo. O conhecimento xamânico no cenário Suruwaha se projeta fundamentalmente através dos seguintes eixos, analisados neste artigo: capacidade de comunicação com os espíritos, capacidade transformacional (jahuruwa) e potência perigosa para a feitiçaria, capaz de provocar a morte (mazaru).

Palavras-chave: Suruwaha, xamanismo, rio Purus, transformações indígenas


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v6i2.1890



 © As/os autoras/es que publicam na Amazônica Revista de Antropologia (ARA) retêm os direitos autorais e morais de seu trabalho, licenciando-o sob a Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil que permite que os artigos sejam reutilizados e redistribuídos sem restrições, desde que o trabalho original seja citado corretamente.

Gerencia do Portal:

Luciléia Silva

Email: lucileia@ufpa.br

 

Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil.

This is an open-access website under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Comercial License.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.