Cabeçalho da página

AS CORES DO PASSADO NA AMAZÔNIA: O PA TRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO NO ARTESANATO DA VILA DE JOANES, ILHA DO MARAJÓ, BRASIL

Marcia Bezerra

Resumo

O artigo trata das relações entre os moradores da vila de Joanes, na ilha do Marajó, e o patrimônio arqueológico, considerando a incorporação do repertório icônico da arqueologia no artesanato produzido pelas artesãs locais. Com base nesse estudo de caso, concluo que, mais do que informar sobre as percepções locais acerca do passado, as imagens criadas pelas artesãs revelam aspectos de relações sociais estabelecidas no presente.

Palavras-chave: artesanato, patrimônio arqueológico, Amazônia


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/amazonica.v6i2.1875



 © As/os autoras/es que publicam na Amazônica Revista de Antropologia (ARA) retêm os direitos autorais e morais de seu trabalho, licenciando-o sob a Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil que permite que os artigos sejam reutilizados e redistribuídos sem restrições, desde que o trabalho original seja citado corretamente.

Gerencia do Portal:

Luciléia Silva

Email: lucileia@ufpa.br

 

Creative Commons License
Amazônica - Revista de Antropologia da Universidade Federal do Pará é licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil.

This is an open-access website under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Comercial License.
Based on a work at www.periodicos.ufpa.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/amazonica.