Cabeçalho da página

ANÁLISE DE COMPORTAMENTOS DE MÃES QUE ACOMPANHAM SEUS FILHOS DURANTE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO

Antônio Bento A. De Moraes, Áderson L. Costa Júnior, Laura M. Tomita, Gustavo S. Rolim

Resumo

O objetivo deste trabalho foi descrever e analisar os comportamentos de dez mães durante sessões seqüenciais de atendimento odontológico de seus filhos. Todas as sessões foram filmadas em videoteipe com marcas sonoras a cada 15 segundos, indicando os momentos em que foram efetuados os registros dos comportamentos. Um mapeamento geral do repertório de comportamentos permitiu apontar padrões comuns a todas as participantes e padrões específicos, indicadores de maior ansiedade de algumas participantes. Proporcionalmente, o procedimento de anestesia injetável evocou maior freqüência de comportamentos indicadores de fuga e/ou esquiva das mães. Os resultados permitem levantar a hipótese de que o cirurgião-dentista, atento aos comportamentos de pais e acompanhantes de crianças, pode adotar estratégias que reduzam a ansiedade dos pais, aumentando a freqüência de comportamentos colaborativos das crianças com o tratamento. Palavras-chave: comportamentos de mães; ansiedade em odontologia; análise de comportamentos; odontopediatria.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/rebac.v2i2.815