Cabeçalho da página

Modelo de insumo-produto aplicado à economia da Amazônia Legal

Heriberto Wagner Amanajás Pena, Antonio Cordeiro de Santana, Marina Yassuko Toma

Resumo

As relações de interdependência dos setores econômicos compreende uma importante variante de análise para a formulação de políticas públicas para a Amazônia, a metodologia concebida da matriz insumo produto por Leontief assegura-se como um instrumento técnico crucial para identificar as relações funcionais (de ordem monetária) e para estimar os efeitos diretos e indiretos dos encadeamentos produtivos. Nesse sentido, este artigo analisa, a partir destas relações funcionais na região amazônica, o grau de interdependência setorial e seus efeitos multiplicadores sobre o produto, renda e as despesas pelos diferentes setores. Atestou-se que setores como o agronegócio apresentam elevados coeficientes de compras externas e que a região precisa adicionar valor nas suas operações produtivas, e avançar na formulação de políticas que invistam em setores com elevado poder de impactos regionais e mais integrados setorialmente como energia e transportes


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v15i2.758

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536