Cabeçalho da página

Transformação dos principais usos da floresta no município de Moju, nordeste paraense

Liliane Freitas Moreira, Dalva Maria da Mota, Acácio Tarciso Moreira de Melo

Resumo

As reflexões aqui apresentadas foram resultantes de uma pesquisa realizada na comunidade Santa Maria, uma das comunidades componentes do Assentamento Olho D’Água II, município de Moju, estado do Pará. O objetivo do artigo é analisar as transformações vivenciadas por um grupo de agricultores quanto ao uso da floresta, mais especificamente as associadas à obtenção de caças e à realização das roças, após a mudança da condição de uso comum (posseiros) para o uso privado (assentados) a partir da implantação do assentamento em 2002. Os resultados apontam que ocorreram transformações nas dinâmicas de uso dos recursos com a intensificação do cultivo de roças e a diminuição da obtenção de caças devido à grande dificuldade em obtê-las, em decorrência das novas condições de acesso privado à terra e ao aumento demográfico cuja demanda por caça supera em muito a oferta dos animais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v13i1.452

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536