Cabeçalho da página

Análise das relações intersetoriais da economia paraense e seus efeitos multiplicadores.

Ricardo Bruno N. dos Santos, Airton Lopes Amorim, Antônio Cordeiro de Santana

Resumo

Neste trabalho identificam-se setores-chave para investimento na estrutura produtiva do Estado do Pará, utilizando métodos de índices de ligação de Rasmussen-Hirschman (IRH), dos índices puros (GHS) e do campo de influência, bem como os multiplicadores de produto, renda e emprego. Segundo a análise IRH e GHS, os setores considerados chave foram Soja e milho; Outras culturas; Metalsiderúrgico; Adubo e fertilizantes; e Serviços. A atividade agropecuária, além de ter dois setores considerados chave, teve três setores que se destacaram nos efeitos multiplicadores: Fruticultura; Outras culturas; e Aves, bovinos e suínos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v13i1.395

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536