Cabeçalho da página

Mercado e potencialidades dos produtos oriundos de floresta secundária em áreas de produção familiar

Denyse Gomes Mello, Francisco de Assis Costa, Sílvio Brienza Júnior

Resumo

Este artigo evidencia o papel de reserva de valor e de agente dinamizador da renda rural das florestas secundárias, também conhecidas como capoeiras, comumente confundidas com áreas degradadas, sem função econômica ou ecológica. A valorização das florestas secundárias – que dominam cada vez mais o cenário da agricultura familiar da Amazônia brasileira – como elemento produtivo foi aqui estudada por meio da identificação e da descrição das cadeias de comercialização já desenvolvidas de produtos oriundos da floresta secundária e de oportunidades de desenvolvimento dessas cadeias de comercialização para os agricultores. As cadeias de comercialização estabelecidas são simples, e os principais produtos identificados são agrupados em categorias de frutíferas, madeiráveis, derivados de animal e plantas medicinais. Conclui-se que as florestas secundárias comprovadamente exercem uma função-chave na manutenção da biodiversidade e na regeneração dos ecossistemas antropizados, além de contribuírem na renda familiar dos agricultores.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v12i2.319

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536