Cabeçalho da página

Crise ecologique, capitalisme, altermondialisme. Un point de vue eco-socialiste

Michael Löwy

Resumo

http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v11i2.269 

A crise ecológica, e particularmente o aquecimento global, está se tornando, muito rapidamente, uma grande ameaça para a humanidade. As soluções capitalistas propostas – os tratados de Kyoto, por exemplo – são totalmente incapazes de confrontar o assunto. O Eco-socialismo propõe uma alternativa radical, uma mudança no paradigma da civilização, superando a lógica destrutiva da acumulação capitalista e transformando os padrões estabelecidos de produção e consumo. A luta por tal alternativa começa aqui e agora, em todas as mobilizações que apontam diretamente para um futuro ecológico sustentável; o movimento global de justiça é uma das principais forças engajada nesta luta, reunindo, como nas iniciativas do Movimento Brasileiro dos Sem-Terra, as reivindicações sociais e ambientais.


Texto completo:

PDF (Français (Canada))


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v11i2.269

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536