Cabeçalho da página

Mineração, Industrialização e Conflitos em Barcarena

Dutra Carmo

Resumo

O papel da Amazônia como fronteira de recursos naturais fez com que a região tivesse sua paisagem físico-natural e sociocultural modificada por processos de desestruturação espacial decorrentes da expansão do capital produtivo vigente e das tecnologias dele derivado. Dessa forma, este trabalho tem como objetivo a análise teórico-empírica da transescalaridade dos sistemas produtivos locais em Barcarena e seus principais atores sociais e agentes econômicos no atual contexto das dinâmicas socioterritoriais em Barcarena, município da Amazônia Oriental marcado pela pulverização de empresas transnacionais de mineração e pelas transformações socioambientais oriundas desses processos, relacionando-os com o contexto contemporâneo das disputas em curso no município. Neste caso em especial, delineado por disputas em curso no município, resultantes, por um lado, da ampliação dos mercados acionados pelos agentes econômicos e, por outro lado, da ação dos segmentos sociais e poder público diante deste cenário, na medida em que, todos os envolvidos querem afirmar as suas territorialidades no município. A tessitura entre esses elementos compõe a metodologia, cujo desenho se deu a partir da pesquisa de campo de caráter exploratório no município de Barcarena, tendo como campo de observação as áreas de mineração e portuária do Distrito Industrial de Barcarena, o entorno dessas áreas e a ação das comunidades. A expansão do capital materializada em programas econômicos e logísticos em curso no município de Barcarena, esses pensados a partir das experiências das disputas, privilegiando conceitos como territorialidade, redes e conflitos. Todas essas dimensões compõem, simultaneamente, momentos de tensão e reeditam a história de ocupação e exclusão social presentes no município.


Palavras-chave

Empresas transnacionais. Infraestrutura logística. Mobilidade. Territorialidade. Desenvolvimento da Amazônia.




DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v18i3.2503

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536