Cabeçalho da página

Do plural ao singular: condições de gênero e carreira científica na área de engenharias da região Norte

Ariane Serpeloni Tavares, Temis Gomes Parente

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar a presença de mulheres no topo da carreira científica. Reflete-se sobre a participação das mulheres nas diversas etapas da construção de uma carreira científica, especialmente na área de Engenharias das Universidades Federais da Região Norte, entre os anos de 2008 e 2012. Realizou-se a coleta de dados quantitativos via internet, principalmente por meio do e-SIC – Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão. Os dados foram analisados e interpretados sob a perspectiva de gênero e mostram que o número de mulheres cai ao longo da trajetória científica, resultando em uma pequena representação feminina entre os bolsistas de produtividade, principalmente nas áreas consideradas masculinas. Os dados possibilitaram verificar que há disparidades regionais quanto a investimentos no sistema de pós-graduação e que isso pode ocasionar disparidades também em relação à participação das mulheres na ciência.


Palavras-chave

Gênero; Carreira Científica; Região Norte; Bolsa Produtividade


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v18i1.1837

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536