Cabeçalho da página

A construção social da qualidade da farinha de mandioca em comunidades rurais na Amazônia paraense

Fagner Freires de Sousa, Marc Piraux

Resumo

 A farinha de mandioca é um produto agrícola muito apreciado no Pará e tem sua qualidade definida por uma diversidade de representações e práticas de agricultores, comerciantes e consumidores. Essa pesquisa buscou entender quais são as concepções de qualidade dos agricultores e comerciantes e como estas influenciam nas práticas de produção e na qualidade da farinha em duas comunidades distintas na Amazônia paraense. A partir de entrevistas e classificação da farinha, constatou-se que nas duas comunidades a qualidade da farinha é uma construção social, a qual se inicia na plantação da roça, perpassando por todo processo tecnológico, com destaque para o saber fazer, às práticas de higiene e à relação agricultor-comerciante, desconsiderando-se os padrões de qualidade das agências reguladoras.


Palavras-chave

agricultura familiar; relações sociais; produção tradicional; agroindustrialização; saber-fazer


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v18i3.1831


Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536