Cabeçalho da página

Cultivo itinerante na Amazônia central: manejo tradicional e transformações da paisagem

Fernanda Maria de Freitas Viana, Angela May Steward, Bárbara Tadzia Trautman Richers

Resumo

As regiões de florestas tropicais estão em constantes transformações, em parte, resultantes do manejo por populações tradicionais aonde os sistemas de cultivo itinerante (agricultura migratória e de corte queima) desempenham um importante papel. No entanto, juntamente a estas discussões, são questionados os impactos e a sustentabilidade destes sistemas de cultivo e suas contribuições para o desmatamento. Diante disso, procuramos maiores informações sobre a prática da agricultura migratória por meio do estudo do uso e conversão de hábitat florestal em unidades produtivas agrícolas de duas comunidades tradicionais situadas em áreas de terra firme. Concluímos que indicativos da sustentabilidade desse sistema estão associados à prática integrada à floresta e ao período destinado ao pousio das áreas.


Palavras-chave

Agricultura migratória; Comunidades tradicionais; Conversão florestal; Corte e queima; Desmatamento; Sistema agrícola.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v19i1.1816

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536