Cabeçalho da página

Efeitos de desastres naturais no desempenho orçamentário do Estado do Pará

Alex Santiago Nina, Cláudio Fabian Szlafsstein

Resumo

Este trabalho avalia os efeitos dos desastres naturais ao desempenho orçamentário do Governo do Estado do Pará no período de 2000 a 2012, através da análise de correlação do número de decretos de Situação de Emergência ou Estado de Calamidade Pública com: a) a eficiência orçamentária de áreas prioritárias à Gestão de Riscos Naturais; e b) o risco fiscal, calculado pela redução das receitas e realocação do total de verbas previstas. Os resultados indicam que, no Estado do Pará, a vulnerabilidade fiscal aos desastres naturais é alta, principalmente nas áreas de Prevenção (Ciência e Tecnologia e Meio Ambiente). As principais alternativas para a redução dos impactos são o fortalecimento das ações de curto-prazo, o estabelecimento de fundos monetários e a melhoria das atividades de Prevenção.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v17i2.1454

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536