Cabeçalho da página

Caminhos cruzados: relação entre empresa, trabalhadores e sindicato em Polo oleiro-cerâmico da Região Metropolitana de Manaus-AM

Cleiton Ferreira Maciel, Maria Izabel de Medeiros Valle, Jeanne Mariel Brito de Moura

Resumo

O presente artigo é fruto da pesquisa do mestrado em Sociologia na Universidade do Amazonas, de 2011 a 2013, e analisa a relação entre empresa, trabalhadores e sindicatos no Polo oleiro-cerâmico da Região Metropolitana de Manaus, setor que fabrica 75% dos tijolos e telhas consumidos no Amazonas. A ideia central deste trabalho é mostrar quais são as principais estratégias empresariais empreendidas pelo dono da olaria investigada, bem como traçar um perfil dos trabalhadores oleiros. Além disso, busca-se revelar o papel do sindicato oleiro na luta por melhorias nas condições de trabalho e aumento de salários. Dentre os resultados da pesquisa, destacam-se: as precárias condições de trabalho às quais os trabalhadores da olaria estão submetidos; os baixos salários; a ausência da participação sindical; e a busca pelo controle da mão de obra.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v16i1.1193

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536