Cabeçalho da página

Campesinato, identidade e memória: os tiradores de açaí ou como colocar-se no mundo

Sammy Silva Sales, Noemi Sakiara Miyasaka Porro

Resumo

Este texto tem como objetivo refletir a intersecção entre os conceitos de campesinato e identidade a partir do estudo de caso dos tiradores de açaí, chamados de família Monteiro, moradores da vila Monteiro, no município de Afuá (PA). Os dados empíricos coletados através de observação participante e realização de entrevistas foram registrados em 2011 e 2012. Argumentamos que os tiradores de açaí, em situações de reflexão no presente, e por meio de suas práticas, pelas representações sociais e memória coletiva constroem suas identidades sociais coadunadas aos processos sociais em que estão inseridos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v17i1.1141

Flag Counter

Print ISSN: 1516-6481 – Eletrônica ISSN: 2179-7536