MOARA – Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Letras ISSN: 0104-0944

 

No. 49 do 1º semestre de 2018 – Estudos Literários

Dossiê temático “Age de Carvalho, poeta da Exlândia”, organizado pelos professores Mayara Ribeiro Guimarães (UFPA) e Thomas Sträter (Universidade de Heidelberg, Alemanha).

Age de Carvalho é um dos poetas de maior destaque da cena brasileira contemporânea, cuja obra, a exemplo da de Max Martins, paradoxalmente não dispõe de larga fortuna crítica. Pertence a uma linhagem de poetas que atravessa a tradição lírica brasileira do século XX, com dívidas expressas a Carlos Drummond de Andrade, aos conterrâneos Max Martins e Mário Faustino, além de fazer uma leitura comedida e muito particular da experiência da poesia concreta em sua própria poesia.

Sua produção tangencia criação, tradução e reflexão crítica no enlace entre línguas, culturas e paisagens literárias com as quais convive há mais de 30 anos, considerando-se aqui a ideia de “fora de lugar” própria do estrangeiro, do poeta e do tradutor, todos eles figuras deslocadas dentro do contexto em que atuam. Seguindo essa via, duas ideias que ecoam na poesia moderna são motivo de reflexão na produção de Age: de um lado, a de que “o poeta é quem fala humanamente”; de outro, a celebração da obscuridade natural ao poema. Delas instaura-se a reflexão em torno da dimensão humana da poesia como condição de sua existência e a de que o poema constitui-se de uma obscuridade e hermetismo naturais, própria dos textos místicos (como o nosso poeta entende a poesia), compreendido a partir de si mesmo. Se pudermos elencar eixos temáticos para essa poesia, fácil seria identificar aspectos da experiência cotidiana, das mazelas e prazeres do corpo e a mais íntima e ancestral fala da reminiscência.

A Revista MOARA, veículo de divulgação e projeção de pesquisas desenvolvidas na região Norte para o resto do país, é um importante núcleo disseminador da produção intelectual e acadêmica realizada no Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPA. O número 49 desta Revista, visando discutir os caminhos da poesia brasileira contemporânea e a experiência-limite da escrita de poesia, deseja homenagear o poeta Age de Carvalho recebendo artigos que contribuam para a ampliação de sua fortuna crítica neste dossiê “Age de Carvalho, poeta da Exlândia”.

Prazo para submissão: 10 de outubro a 30 de dezembro de 2017.

No. 50 do 2º semestre de 2018 – Estudos Linguísticos

Dossiê temático “Pesquisas com sociedades indígenas hoje”, organizado pelos professores Gessiane Lobato Picanço (UFPA) e Pirjo Kristiina Virtanen (Universidade de Helsinque, Finlândia).

Este dossiê busca reunir diferentes visões e pesquisas que vêm sendo conduzidas com as sociedades indígenas na atualidade. Os trabalhos submetidos podem abordar a pesquisa linguística e de áreas afins, como a educacional, a sociológica, a antropológica, a histórica, entre outras, que utilizam métodos colaborativos ou de coprodução e contribuam para as relações mais iguais na pesquisa. Além disso, o conhecimento e a divulgação da diversidade cultural e linguística brasileira e o impacto de pesquisa na sociedade envolvente podem ser tratados nos trabalhos. Serão bem-vindos estudos voltados para os desafios e transformações linguísticas e socioculturais que essas sociedades enfrentam, podendo levá-las ao declínio ou à perda, mas que, em muitos casos, encontram uma forma de alteração e resistência.  

Prazo para submissão dos artigos: 02 de janeiro a 30 de março de 2018.  

 Serão aceitos artigos escritos em português, inglês, francês ou espanhol, para os dossiês que estejam em conformidade com as normas de publicação da revista, disponíveis em: http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/moara/about/submissions#authorGuidelines. Além dos artigos para o dossiê, a Revista MOARA recebe, em fluxo contínuo, outras contribuições de artigos com temas diversos, para o1º semestre de 2018, artigos relacionados a estudos literários, para o 2º semestre de 2018, artigos relacionados a estudos linguísticos.