Logo do cabeçalho da página Revista Agroecossistemas

ANÁLISE DE ATRUBUTOS FÍSICOS E QUÍMICOS DE SOLO SUBMETIDO A DIFERENTES MANEJOS NO SUDESTE PARAENSE

Fabrício Marinho Lisbôa, Priscila Batista Miranda

Resumo


Com intuito de avaliar propriedades físicas e químicas do solo, submetido a diferentes manejos, em propriedade agrícola familiar do sudeste paraense, coletou-se amostras de solo em áreas de mata primária (MP), pastagem com leguminosas (PL) e pastagem solteira (PS) em duas profundidades (0 a 5 e 5 a 10 cm). Foram realizadas análises físicas: granulometria, Dp, Ds e Ptotal, assim como análises químicas: pH, Al3+, Ca2+, Mg2+ e Na+ trocáveis, K+ e P, H+Al e COT. Para verificar a significância das diferenças entre as médias dos tratamentos foi aplicado o teste Tukey a 5% de probabilidade, fazendo uso de delineamento inteiramente casualizado, com três tratamento (MP, PL e PS) e três repetições, as profundidades foram estudadas separadamente. PS apresentou maiores valores para DS e menores valores para Ptotal na profundidade 0 a 5 cm. Porém, na profundidade 5 a 10 cm, PL e PS não apresentaram diferença para esses atributos. PL apresentou o maior valor para pH do solo e também menores valores para Al+3 e H+Al. Não houve diferença significativa entre os tratamentos, e profundidade, para P, K+, Ca+2 e Mg+2, já o Na+ diferiu apenas na primeira profundidade, com MP apresentando o maior valor. MP apresentou maiores teores de COT.

PALAVRAS-CHAVE: Agricultura familiar. Leguminosas. Pastagem. Solo.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18542/ragros.v6i1.1558

ISSN online 2318-0188